10 de janeiro de 2017

postblog

De quem é a tua paz? A quem pertence a tua paz?

De quem é a tua tranquilidade de espírito? É do outro ou é tua? Porque se for tua, ninguém te tira.

Não deixe ninguém tirar a sua paz, a paz é sua, é sua mente, você tem esse poder. Você tem esse poder de ficar bem, não importa a situação externa.

Se alguém tirou a sua paz foi você que deu esse poder para essa pessoa. Você entregou a sua valiosa paz para o outro.

Quando alguém te ofende e você se sente ofendido não é o outro, não é a dor do outro que entrou em você, você se permitiu, é a dor que você construiu a partir da interpretação do outro. Então, se você perde a sua paz você não vai ser feliz.

Deixa os chatos virem na sua vida. Deixa aparecer aqueles chatos na sua vida e use isso como uma bênção de Deus. Aceite este desafio.

Você pode detectar aquela emoção negativa e falar “Opa, não vou me apegar a esta emoção”. Porque toda emoção negativa tem uma raiz na ilusão, em um conceito errado que você está cultivando.

Você alimenta as emoções. Você pode ficar cultivando raiva, frustração e depressão. E você pode também encerrar o processo logo que ele começa.

Se você desse um choque de lucidez, recolhesse as armas e ao invés de comprar o estímulo estressante, olhasse dentro de si e duvidasse do controle desse pensamento perturbador, desse comportamento agressivo, criticasse a sua ingenuidade de materializar rápida e intensamente e determinasse estrategicamente ser tranquilo, sereno, ser autor da sua própria história, tais ferramentas poderiam se tornar uma proteção solene para que você sobreviva as intempéries sócioemocionais.

As pessoas se matam, se destroem, por poucos estímulos estressantes. Podemos começar a perceber que quem nos ofende, quem nos critica, quem nos fere, não é o inimigo a ser abatido. Por de trás de uma pessoa que fere, há uma pessoa ferida. Ninguém nos machuca se primeiramente não for machucado.

Quando percebermos que o que movimenta o comportamento dos outros nem sempre é um comportamento elaborado, um pensamento elaborado, mas que ele é vítima de janelas traumáticas nós vamos começar a dar descontos.

Pode ser que haja pessoas ao longo da nossa história que nos firam, nos machuquem, mas tenha certeza, os maiores vampiros nunca estiveram fora de nós, os vampiros estão dentro de nós.

Você é mais profundo que isso, é mais importante que isso. Cada vez mais você aprofundando sua consciência e assim não sendo afetado pelo que está acontecendo aqui fora.

Você pode deixar as coisas externas virem a você, você registra e toma as atitudes necessárias, mas não precisa tirar a sua paz. Conquiste esse poder. Você tem que se aprofundar, você tem que estar trabalhando, valorizando a sua realidade interna.

Na medida em que você vai tendo esse foco na sua ação, em ficar no aqui e agora, você vai gradualmente ficar imune, cada vez mais imune, a chateação dos outros. Você não vai deixar os outros tirarem a sua paz, porque ela pertence a você e é muito valiosa.

Que tipo de emoção que você está tendo? Porque você escolhe as emoções que você pode ter. Você pode trabalhar isso, você pode gradualmente conquistar o poder de escolher o tipo de emoção que você permite ficar aqui dentro.

Fonte: Motivação Grid

5 | comente
[xuu] [vermelha] [verde] [starrr] [staranima] [star] [sapo] [sad] [roendo] [pulim] [pulahja] [pula] [pp] [pompom] [pig] [oww] [ooo] [oooS] [oO] [mufim] [moom] [make] [macarrao] [lovve] [loviii] [lovi] [loveu] [lovetoo] [legalzim] [legal] [kissu] [kiilip] [jump] [jsh] [hk] [heart] [haha] [h] [godim] [fritas] [food] [flor] [domu] [domoraiva] [dancedance] [clp] [chat] [caveriinha] [cake] [bow] [bolo] [blarh] [blackstar] [bear] [batommm] [asinha] [arranca] [^_^] [^^^] [^^] [SS] [OOOO] [D=] [=S] [=Ok] [=O] [=D] [==P] [=/] [=(] [;;;)))] [;)] [:P] [:)] [++] [!] [!!!] ::S]

12 de janeiro de 2017 às 16:52
gravatar

Nossa, eu penso muito isso. É tão comum ver gente culpando outras pessoas por “tirar a paz”, mas na verdade, quando temos ela de verdade, ninguém consegue tirar. Confesso que sou um pouco estressada por natureza, rs, mas tenho tentado ser mais zen e relevar mais coisas.

Beijos,
Mari Dahrug
http://www.rabiskos.com.br/

Responder

Beca Brait Respondeu:

<3 é bem isso! eu tbm sou um pouco... o importante é termos a consciência disso e tentarmos trabalhar em cima. beijos sua linda!

Responder

Mari Dahrug Respondeu:

@Beca Brait, Que linda, obrigada por responder! Beijossss

Responder

Franci Pacheco
12 de janeiro de 2017 às 18:05
gravatar

que post motivacional, amei! Estava precisando ler isso no momento!

Responder

Beca Brait Respondeu:

fico feliz <3

Responder

Meus Looks

The slider specified (ID #15618) could not be found.

Voltar ao topo